1º Aniversário GCIPB

O dia era aguardado com alguma ansiedade, não se trata-se do primeiro ano de vida, de tão mui nobre projecto.

E eis que soam por fim os tambores, as 15 horas de Sexta feira, com o anuncio de abertura do Presidente da Direcção.
Estava aberto o aniversário, e qual a melhor forma de se começar a festejar? A passagem a Mestre do caloiro Labrego pois claro, que tanto batalhou e trabalhou para lá chegar.
De seguida reuniu o grupo no centro académico para partilhar emoção a volta de umas febras, uns finos e uns copos de maduro tinto.
A boa disposição estava em pé, e nada melhor que continuar a noite a fazer o que melhor sabemos, que é cantar, tocar e animar a malta, desta feita partimos rumo ao bar Hammamet, aonde tivemos oportunidade de sentir o verdadeiro espirito de Marrocos.
A noite  avizinhava-se longa e acabou ao rubro no Moda Café.

Era Sábado, o dia principal dos festejos, um jantar na sala alternativa da cantina, onde participaram connosco, as várias entidades internas do IPB, bem como as demais entidades da cidade de Bragança.
Um muito obrigado, pela vossa presença e apoio desde já.
Durante o jantar houve espaço para os vários ramos das artes, desde o cinema, passando pelo teatro e acabando na musica pois está claro.
Durante a noite teve ainda lugar a entrega de prémios aos elementos do GCIPB, distinção simbólica mas bem acolhida pelos premiados.
Viria-mos a continuar a noite no café floreste, que nesse dia estava repleto de gente, animação e música não faltaram como é normal.

Domingo tivemos ainda tempo para um almoço de despedida no Copinhos, casa que tão bem nos acolhe quando por lá vamos.


Fica um agradecimento especial a todos os que connosco viveram estes três dias.
E para o ano cá estaremos com mais. muito mais!

0 comentários :

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.